Partido Socialista de Caldas das Taipas

pstaipas@gmail.com

Menu

PS Taipas e CDU Taipas juntos na defesa de mais professores de Ensino Especial

Partido Socialista das Taipas reuniu com as Associações de Pais e com o Director do Agrupamento de Escolas das Taipas

PS Taipas e CDU Taipas juntos na defesa de mais professores de Ensino Especial

Por In Assembleia de Freguesia, Caldas das Taipas On Fevereiro 19, 2015


Partido Socialista das Taipas reuniu com as Associações de Pais e com o Director do Agrupamento de Escolas das Taipas

O Partido Socialista das Taipas reuniu, na passada quarta-feira, com as Associações de Pais do Agrupamento de Escolas das Taipas e com o Diretor do Agrupamento para transmitir o resultado das ações desenvolvidas pelo Partido Socialista. Recorde-se que o Partido Socialista apresentou uma  moção na última Assembleia de Freguesia, que permitiu que os problemas dos alunos com Necessidades Educativas Especiais e do Agrupamento de Escolas fossem ouvidos na Assembleia da República.

O Partido Socialista convidou para a reunião com os Pais a CDU, a única força política que acompanhou o PS na moção apresentada e que, se fez representar na Audição da Assembleia da República pelo Camarada Gildásio Ferreira. A Coligação Juntos pelas Taipas (PSD/CDS) que sustenta o executivo da Junta de Freguesia, votou contra a moção e não se fez representar na Assembleia da República.

As Associações de Pais agradeceram o trabalho desenvolvido pelos Partidos Políticos e concordaram que a situação que se vive na Escola é inaceitável. Relembre-se que os Deputados à Assembleia da República Jacinto Serrão (PS) e Carla Cruz (CDU) assumiram o compromisso de elaborarem proposta de recomendação ao Governo para a colocação de mais professores de Ensino Especial.  Contudo, cabe ao Governo PSD/CDS resolver desde já este problema, que só demonstra insensibilidade, incompetência. O Partido Socialista sugeriu, ainda, que os Senhores Deputados visitem o Agrupamento para verificarem a premência na colocação de mais professores.

Recorde-se que no ano letivo de 2014/2015 o Agrupamento sofreu uma redução de cerca de 50% do número de professores, apesar do número de alunos com Necessidades Educativas Especiais ter aumentado e dos sucessivos pedidos de colocação de mais professores pelo Agrupamento, pelas Associações de Pais a que se juntaram as vozes do PS em Novembro, da CDU e da Assembleia de Freguesia de Caldelas.